quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Indo pra Miami. Dicas de festas de Revéillon. NYE party 2013/2014.

Queridas, para receber 2014 estou de partida para Miami logo mais.

E para a noite da virada, depois de muito pesquisar festas de alto padrão a beira mar, encontrei as seguintes opções que têm mesa:

- Nikki Beach - que parece ser a mais alternativa de todas, mais pé na areia;
- Fontainebleau - que vai ter duas festas demais: TIESTO na parte fechada (LIV nightclub) e AFROJACK na parte da piscina;
- Hotel W - que vai ter uma festa na parte da piscina (chamada WET) e uma na parte interna (chamada WALL). Quem compra o VIP da WALL pode transitar entre as duas pistas.

Eu optei pela WALL, animada pelo Michael Brun, e passarei a virada de preto (oportunidade quando se está no exterior, pq aqui fica até chato…rs).

Bom, como dica de hotel, vou ficar no Viceroy Miami. Aparentemente é muito legal e tem a estrutura de residences com dois quartos, sala e cozinha - ideal para viagem com bebê e babá. Quando voltar (ou durante a viagem), conto pra vocês minha impressão.

PS: Comprei minha mesa da festa no cravetickets.com - selecionando a cidade, lá aparecem todas as festas, inclusive as de discotecas, como a Mansion e Mokai.

Espero ter ajudado alguém no quesito, e, se alguém for em alguma dessas festas, não deixe de comentar!

#partiumiami



sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Dicas de restaurantes. Esquiando em Chamonix Mont Blanc. Viagem de Luxo.

Nossa, como comi bem em Chamonix! Para detalhes de hospedagem, ver post antigo aqui.

O que acontece lá nessa estação é que os melhores restaurantes ficam em hotéis.

Vou listar em ordem de melhor experiência minha (e não de preço). Os melhores restaurantes são:

1 - Restaurante do Hotel Mont Blanc - "Les Jardins" - a la carte. SENSACIONAL. O melhor restaurante do gênero da minha vida… Cada sabor, cada surpresa… E quem disse que sorbet de beterraba não seria de comer rezando???







2 - Restaurante do Hotel Le Labrador - "La Cabane des Praz"- o mais em conta dos três, também requer precaução de reserva para garantir a noite. É o ambiente mais gostoso dos três, realmente parece uma cabana.


3 - Restaurante do Hotel La Hameau Albert Premier - "Albert 1er" - esse é bem mais chique e requer reserva prévia. Só tem menu degustação. É muito gostoso mesmo, o ambiente uma delícia. Mas é bem caro. Pelo tempo que fui lá, não me lembro ao certo, mas acho que cerca de 600 euros o casal.



4 - La Maison de Filippo - Esse não é em Chamonix, mas em Courmayeur (estação de esqui no Mont Blanc que fica no lado italiano - deve-se voltar pelo túnel). Foi indicação de um antigo chefe que adora o local. E é demais!!! Mas não dá para retomar o esqui depois… É uma seqüência de pratos intermináveis, servidos em porções absurdas. É provável sair rolando de lá. Cada salame, cada presunto… E parece a casa do Felippo mesmo, com mesas com toalhas em xadrez… Não é nada sofisticado e a seção de enchidos da entrada já satisfaz e ainda é melhor que os pratos principais.



Para happy hour after skiing, próximo ao casino há dois lugares: Café La Terrasse (mais badaladinho) e o Le Carlina (foot dos frutos do mar abaixo):


E não deixem de entrar em qualquer lugarzinho aconchegante do centrinho e comer uma raclette!!! Hummmmmmmm

domingo, 15 de dezembro de 2013

Esquiando em Chamonix Mont Blanc. Dicas de hospedagem. Viagem de Luxo.

Esta viagem de ski aconteceu em 2011, mais precisamente no carnaval (final de fevereiro e início de março) e foi minha primeira ida aos slopes… (risos) Começou desembarcando em Milão, onde alugamos um carro, passou por Chamonix e terminou em Paris, onde pegamos nosso vôo de retorno a São Paulo.

Chamonix é um vilarejo francês lindo ao pé do "Aiguille du Midi", situado na cordilheira do Mont Blanc. Nessas montanhas, é possível estar esquiando na França e, de repente, estar na Itália, ou Suíça. No Mont Blanc existem outras estações de ski, como a CourMayeur, na Itália.


Ficamos ficamos hospedados bem ao lado da igrejinha central e do centro de informações turísticas, no Hotel Mont Blanc Chamonix, 5 estrelas.



A questão na época é que ele era superrr antingo, mas parece que eles remodelaram todo o hotel este ano… Apesar da antiguidade, que dava até um charme a mais, os quartos eram IMENSOS. Havia uma ante-sala com armários, e uma sala anexa ao quarto que cabiam todas as 4 grandes malas abertas e com caminho ainda para circular entre elas… Mas acho que diminuíram pela metade (o que me parece mais que suficiente (deviam ter mais de 100m2)).


Mas o que valeu mesmo no hotel foi que, despretenciosamente, pois era a única tarifa que havia, incluímos o jantar no pacote… E foi o melhor restaurante francês a la carte que já comi na vida… Acabei jantando lá umas 3 ou 4 noites só, para poder conhecer os restaurantes da cidade. Mas juro, cada dia era melhor que o outro. Depois descobrimos ser um dos melhores do local.

Onde se hospedar (dos quais tive recomendação), além do Hotel Mont-Blanc:

- La Hameau Albert Premier (Albert 1er) - 5 estrelas - estilo chalés, lindooooo e sofisticado e um dos mais caros também. Fotos e comentários do site Trip Advisor:



- Boutique Hotel Le Morgane - 4 estrelas - um casal de amigos ficou e amou, e parece ser um dos melhores custo benefício pra quem não abre mão do conforto mas prefere conter um pouco os gastos (por exemplo, nos sites de pesquisa aparece cerca de R$ 7mil por casal do 1 ao 9 de março - carnaval de 2014).


- Les Aiglons - 4 estrelas - da mesma rede do hotel acima, também tem as mesmas características, mas mais barato (cerca de R$ 5mil o mesmo pacote).


PS: Há outros hotéis  que devem ser sensacionais. Estou apontando os que fui ou ouvi recomendação.

PS2: Dicas de roupa de ski no post antigo aqui.

PS3: Próximo post sobre os restaurantes.



terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Decoração de Natal.

Resolvi reciclar a minha árvore de 2012, que estava linda, mas um pouco sem cor pra receber o "papai noiel" para uma criança. Havia decorado a árvore em tons dourados e verdes, e o colorido era apenas dado pelos pica-piscas à noite.



Em 2013, optei por colocar muitos bichinhos de pelúcia!!! E ficou linda!!!

Não me lembro se minha árvore é de 1,80 ou 2,10m. Sei que é da coleção "amazônica", que vem com mais galhos para ficar com a aparência mais cheia.

Entre pisca-piscas, bolas, laços (feitos a mão por um funcionário do Empório Ambar), guirlanda da porta, porta-velas, velas, mini-árvores, árvore, fantasia de papai noel e mini papai noel, etc., lembro que gastei quase R$ 2mil no ano passado. Neste ano, com o complemento dos bichinhos de pelúcia, saia da árvore e novos pisca-piscas (perdi os do ano passado), gastei um pouco mais de R$ 400,00.

Onde comprar os enfeites? Fiz todas as compras entre o Empório Ambar, Comercial Brasil e Armarinhos Fernando. Tudo na famigerada 25 de março. A fantasia de papai noel comprei na Brilho, que fica na Alameda Porto Geral. PS: Na época de natal, sempre vou por volta das 7am, que é quando começam a abrir as lojas. E 9am já estou de saída, pois fica insuportável!!! Paro sempre o carro na Rua Boa Vista (há um estacionamento do lado esquerdo, na frente do Pátio do Colégio e outro à direita logo antes da Alameda Porto Geral. Ambos eu recomendo, pois são mais organizados que a média dos estacionamentos do centro).












PS: O papai noel do lavabo comprei pela amazon. Era um dos poucos enfeites que entregavam por aqui no Brasil. De USD 15.00, acabou saindo USD 50.00 por causa dos impostos e entrega. Mas valeu super a pena, pois não o encontrei por aqui ainda…














Almoço de final de semana - Attimo.

Nesse restaurante sobre o qual escrevo hoje, foi a minha terceira ida. Adorei da primeira vez, fiquei meio reticente da segunda (pedi um peixe com legumes que não acrescentou nada, mas também o erro foi meu de apostar num prato que não segue a linha do restaurante Ítalo-Caipira) e consolidei meu gosto desta vez: adoro!

O Attimo fica na Rua Diogo Jácome, 341, Vila Nova Conceição, e traz comidas ítalo-caipiras nas mãos do chef Jefferson Rueda (ex-Pomodoro). Aliás, eu era fã do Pomodoro e do capelini com frutos do mar, um espetáculo.

Foi oferecido um couvert com mortadela italiana, pururuca, pães, manteiga de azeite e tomate defumado. Ai esse tomate! Uma tentação e, literalmente, tem um sabor de fumaça inesquecível!


Ainda, de entrada, pedimos o quarteto fantástico (risoles de palmito, coxinha de galinha, pastel de queijo e croquete de bochecha de boi), bebericando eu um Cosmopolitan e meu marido uma taça de Terrazas Malbec Reserva.


Dessa vez pedi o Raviolini de Camarões e Lagostins ao molho bisque com champagne
e Tartufo Nero D’Alba | Desde 2001
, que estava muito bom, com cebolas fininhas fritas e azeitona macerada.


O prato do meu marido estava lindo! Não via codeguim em restaurantes… Era "Mezzelune de Leitoa Assada ao molho de lentilhas verdes e codeguim | Desde 2009".



De sobremesa, fui de Pave Romeu e Julieta - creme de catupiry, pão de ló, goiaba em seis texturas 
(fresca, suco, goiabada, goiabada cremosa, sorbet e telha)… Ainda, de surpresa, há umas 3 pimentas rosa perdidas ali no meio.


Bom, a conta… Ficou R$ 340,00 com serviço, água e café.

PS: Recomendo o restaurante, mas também recomendo paciência. O serviço não é dos melhores. Demoram, esqueceram nossos pães no couvert… Mas o ambiente é super clean e gostoso. E a comida, ótima.

Meu único but - não lembro onde li - mas quando o chef fez críticas aos restaurantes de NYC, disse que o Daniel era muito sem emoção (foi um dos melhores franceses que já comi na vida) e que o Per Se era cansativo (bom, para um restaurante de cerca de 1,000 USD a conta, eu iria era ter ficado brava se o serviço não fosse excepcional, com pronto atendimento e em um ambiente extremamente chique e, portanto, bem formal - e que foi o melhor menu degustação que já provei).


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Lista dos melhores vídeos infantis. Dicas para mães de bebês.

Acho que toda mãe fica em pânico procurando distrações que realmente entretenham os bebês e, de lambuja, ainda ensinem algo produtivo. Assim, aqui vão algumas dicas de DVDs, desenhos e vídeos que nós assistimos aqui em casa com público alvo infantil.

1) No ramo dos DVDs, além dos conhecidos Galinha Pintadinha, Palavra Cantada e Patati e Patatá, ainda existem outras opções.

Quando meu bebê ainda tinha meses, colocava Baby Einstein pra ele, na coleção de música clássica, e ele acompanhava com os olhinhos as cores e desenho dos na tela.

A coleção SPB da XUXA (Xuxa Só Para Baixinhos) é bem interessante e ensina muito em algumas músicas. Como é de vídeos filmados, e não de clipes de desenhos animados, meu bebê assiste, mas não ama. Há com se comprar kits que vêm com vários volumes.

Para os meninos, recomendo o Bubba - Descobrindo os Transportes. É um fantoche macaco que dá nome ao DVD (há uma versão de 8 minutos no Youtube) e que puxa músicas relativas a cada meio de transporte - carro, barco, avião, trem, bicicleta, nave espacial… Meu filho, hoje com 1 ano e 10 meses AMA! Há outros, Descobrindo o Inglês, Descobrindo os Animais e Descobrindo as Cores, por exemplo, mas que ele não gosta tanto assim.

Ainda existem DVDs como o Cocoricó (história de fantoches de animais da fazenda protagonizada por Júlio) e Teleco Teco (estilo Patati Patata - são palhaços cantores).

2) No Youtube, há uma possibilidade imensa de vídeos.

Sem competição para meninos, é o vídeo dos Carros Cantores, com os personagens do Filme "Os Carrinhos". Há o vídeo das músicas no Youtube, no qual há até uma kombi caipira que meu bebê ama!!! Delira, aliás. Eles cantam músicas como ABC, Dona Aranha, Se Você está Feliz, etc.

Quando ele era menor (e ainda hoje), há o TuTiTu, um carrinho voador que solta partes de objetos que vão se juntando para forma-lo no final. São diversos episódios online no Youtube e há nclusive um canal só dele. A música de ABC é ótima e meu bebê já sabe todas as letras em inglês com 1 ano e 10 meses por causa dela.

Meio agressivos, mas que não têm música e sim apenas sons emitidos pelos animais participantes (um bebê das cavernas, um dinossauro, um sapo e uma ovelha) os Sheep in the Island I e II captavam bem a atenção do meu bebê.

Já o Gummy Bear tem um ritmo dançante mesmo (quase balada) em clipes estrelados pelo ursinho verde. Uma gracinha!!!

Pra quem tem a pretensão de colocar o pequeno em uma escola internacional, ou mesmo quer enfatizar o ensino de inglês, há músicas educativas com o ABC em inglês, e outras músicas na web. As que meu filho mais gosta são "The Whels on the Bus", "Five Little Monkeys", "If you are happy and you know it", "Twinkle, Twinkle, little star". É possível encontrá-las em canais do Youtube como o Mother Goose Club ou o Super Simple Songs ou o Muffin Songs. Além desses, o Tutitu e SuperWhy, além dos outros quando vistos em inglês, ajudam muito.

Os Muppets tem clipes musicais que também atraem os pequenos, e, de quebra, relembram nossa infância: Bohemian Rhapsody e Mahna Mahna.

Tem também o Tractor Tom, que conta as histórias de um tratorzinho vermelho.

3) Que passam na televisão paga, mas é possível encontrar episódios no Youtube, há o BOB Construtor que é sobre um construtor de obras português que trabalha com suas máquinas falantes, como o Escavão. Não é musical, mas sim por episódios de histórias.

Também há desenhos e animações da Disney, como Selva sobre Rodas, que conta a histórias de animais da floresta que têm rodas (no mesmo estilo há o Mecanimais). Uma graça. E o Mickey Mouse Club House (Clube do Mickey), com o próprio, a Minie, o Pateta, o Pluto, o Pato Donald e a Margarida! O vídeo da música Hot Dog é demais!

Há ainda As Aventuras de Chuck e Amigos, sobre um grupo de caminhões jovens. Também de episódios.

O Super Why é outra boa opção, pois conta a história de um grupo de amigos que cada vez tem que descobrir soluções para problemas, sempre viajando pelos livros de contos encantados. O legal é que ensina um pouco de inglês, já que as pistas são letras que vão formando palavras.

Também é interessante o Thomas o Trem (uma locomotiva que sempre faz trapalhadas e tenta conserta-las) e o Tayo (um ônibus azul que apronta várias…).

4) Quando fiquei em Portugal um tempo, descobri a BabyTV, canal lá que reúne alguns desses vídeos e outros, voltado para bebês (especificamente, entre 0 e 2 anos, e não genericamente infantil, para crianças). Há alguns vídeo no Youtube e há o babytv.com

Espero ter ajudado outras mães em desespero e aguardo retorno com outras dicas que vocês conheçam!!!