segunda-feira, 30 de março de 2015

TOP 12 Restaurantes em Miami - 2a temporada - III - Onde comer - Renovando a lista dos melhores e mais badalados restaurantes de 2015.

No início do ano passado publiquei sobre Onde Comer em Miami, com Dicas dos Restaurantes. Agora, vou reciclar a lista, em ordem dos que gostei mais, incluindo os novos aos quais fui na última temporada:

1) Zuma*
2) Villa Azur
3) Casa Tua
4) Nobu
5) Joe's Stone Crab*
6) Mr. Chow
7) Scarpetta
8) SeaSpice
9) Cipriani
10) Cecconi's
11) Katsuya
12) DB Bistro.

*Asteriscos indicam os restaurantes aos quais eu não deixaria de ir uma vez em Miami.

1) ZUMADowntown. Veja aqui o post exclusivo sobre ele. Cozinha japonesa moderna, com toques especiais, que transformou a ida a esse restaurante numa das melhores experiências gastronômicas da minha vida. "O" máximo. Cada prato foi uma descoberta. Sashimi de carne com trufas negras (o melhor de todos na minha opinião), o black cod.... Ah, o sashimi de lagosta, inesquecível... HUMMMM E ainda tem uma extensa carta de sakês e é mega badalado (é impositivo fazer reserva!!!). Fica no "EPIC Hotel", 270 Biscayne Boulevard Way, 33131.

Sorry pela qualidade, mas estava escuro! O sashimi da lagosta é o prato redondinho do lado esquerdo.

2) Villa Azur. Miami Beach. Maravilhoso... Indescritível. Como contei aqui, a burrata com trufas é divina. E o ambiente maravilhoso. Ao extremo. Com parte interna e um pátio interno, toda a decoração causa deleite aos olhos. No 309 da 23rd Street, que cruza a Collins.


3) Casa Tua. Miami Beach. Fica na 17th Street (1700 James Avenue), e, apesar da hostess não muito simpática, tem um ambiente aberto muito gostoso, com uma cozinha muito caprichada, como contei aqui:



4) Também fomos, tratando-se de comida nipônica, ao NOBU. Miami Beach. Confesso que, depois do ZUMA, acabei não me surpreendendo muito com este restaurante. É sim um restaurante excelente, badalado também, com um black cod ótimo, e o yellowtale com jalapeños também. Fica no 1901 da Collins Avenue, 33139.


5) Joe's Stone Crab. South Point Miami Beach (não aceita reservas... É preciso chegar num horário razoável pra sentar com tranquilidade, pois lota). Especializado em caranguejos há mais de um século (sem exagero, 102 anos), no stone crab mais precisamente, o restaurante é um ícone. E eu seriamente recomendo (já tinha ido no de Las Vegas também, mas o de Miami é melhor). É um tipo de comida que não se encontra aqui (minto, pois uma vez comi king crab aqui no Nagayama), e, pra quem gosta de frutos do mar, é ótimo! Uma amiga, que não curte caranguejo, pediu o Seabass e achou o melhor peixe da vida dela. Uma experiência única comer com o babador deles, pegar o caranguejo nos apetrechos... Eu acho que, além do ZUMA, é um must go de Miami. Mas fiquem atentos à temporada, pois o restaurante fecha durante o defeso (proibição de "pesca" do caranguejo).

6) O Mr. Chow fica no Hotel W, Miami Beach, no qual nos hospedamos da última vez (veja aqui o post sobre esse hotel e aqui o post sobre o restaurante), na frente do Setai, na Av. Collins 2201 (entre a 22 e a 23th Street). Esse restaurante é muito gostoso, original e extremamente "chic". Aliás, o oposto do que imaginamos para um restaurante chinês aqui no Brasil, à exceção de poucos:


7) Scarpetta, Miami Beach, no Fontainebleau Hotel. Na foto, o salão está claro, mas é bem escurinho com velas também. O ambiente é bem gostoso e a comida idem. Pedi vieiras (scallops) com trufa que estavam ótimas! 


8) SeaSpice (antigo SeaSalt and Pepper - veja aqui o review sobre esse restaurante). O lugar é super agitado, cheio de gente bonita, com lugares pra sentar externos, sob grandes tendas ou interno, dentro de um salão com ar-condicionado (no verão, se for com crianças, é a melhor opção). Mega badalado, é melhor fazer reserva... 422 NW North River Drive.




9) Cipriani, Downtown, no Viceroy Miami, hotel que contei pra vocês no post aqui, na altura 465 da Brickell Avenue. Fomos mais de uma vez, por ser o restaurante mais próximo. Num dos dias comi um Langoustini Scampi de delirar... Hummmm. E de entrada, um New Sashimi Salmon. Hummm de novo. Dica: o carpaccio é o carro chefe da casa, muito bom mesmo, mas sem nada de frescuras ou invenções: carne fresquinha, bem fininha, num excelente molho de mostarda e alcaparras.



10) Fomos ainda ao Cecconi's, em Miami Beach, que é super badaladinho, escurinho, com luzes de velas. O ambiente em si é muito agradável. Por uma sorte muitooo grande, conseguimos pegar a época de trufas brancas. Aiaiai. E acabamos todos pedindo entre o risoto e a massa com trufas. Muito bons os pratos. Ainda fomos atendidos por uma brasileira super simpática. Fica no 4385 da Collins Avenue.


11) Katsuya, Miami Beach, fica no Hotel SLS, 1.701 da Collins. Como contei aqui, o restaurante é bem clean, tem um pé direito alto e desenhos na parede. Gostei bastante (infelizmente não se compara ao Zuma ou Nobu, mas é uma opção a eles quando não conseguir lugar ou reserva). São SUPER atenciosos com criança.



12) DB Bistro, Downtown. Minha decepção. Quem leu meu post sobre os restaurantes de NYC sabe que ameiiiii o "Daniel", no mesmo chefe Daniel Boulud. E ainda tinha o desejo há mais de anos de provar o "The Original DB Burguer", pois meu marido tem um livro chamado Toys for Boys (dica de presente de homem que gosta de carros e coisas luxuosas - não vi no Brasil, mas a Amazon deve entregar aqui) e, nesse livro, na parte de comidas sensacionais tem esse tal hamburguer recheado de foie gras com trufas. Delirava toda vez que via. Pois bem. A entrada que pedimos de king crab estava ótima, mas o hamburguer... Demorou e veio gelado por dentro. E gosto de foie gras? Ou trufas? NADA. Mas a salada de minha amiga de lagosta estava ótima! Fica no 255 da Biscayne Boulevard, na frente do EPIC Hotel.

PS: Fotos dos ambientes retiradas dos sites oficiais, todos sinalizados acima. Fotos dos pratos são minhas.

PS2: Faltou conhecer o Milos By Costas Spiliadis - no dia da reserva, estava chegando de Turks & Caicos e a imigração demorou demais... Então, não chegaríamos a tempo. Mas MUITAS pessoas falam que é ótimo!!! Alguém já foi e concorda ou discorda? Falta conhecer o Juvia e Hakkasan também!

Alguém tem algum restaurante a incluir ou excluir? Conte-me sua experiência e ajude os demais (e a mim também) a escolher os restaurantes da próxima viagem a Miami!

sexta-feira, 20 de março de 2015

Uhuuu! 20 mil visualizações!

Sei que não é muito, afinal, este blog não é patrocinado de forma alguma (não impulsiono ele no facebook, não faço publicidade, etc...) Aliás, nem mostro meu rosto nele. Portanto, a leitura aqui acontece mais de forma espontânea ou de publicações que faço no meu face pessoal...

Então tenho só a agradecer a quem tem a paciência de ler o blog e fico muito feliz se ele estiver ajudando alguém de alguma forma com suas dicas.

Que venham mais 20 mil acessos!

Um sorriso da minha gordinha pra vocês, como agradecimento:


Lembrancinha de aniversário original - Festa Herbie.

Neste ano, queria uma lembrancinha original, que as crianças gostassem, e que seguisse o tema da festa. E resolvi montar eu mesma, lembrando que o tema da festa foi Herbie (veja aqui).

A primeira coisa foi decidir o que fazer: fiquei na dúvida entre um baleiro de fusca de vidro que tinha visto à venda. Mas daí pensei que crianças e vidro não combinam muito (mas que era uma gracinha, era):


Então, passeando pelo Elo7 (site de venda de artesanato, no qual as artesãs têm uma espécie de lojinha virtual), encontrei um fusquinha MDF e tive a idéia de presentear os convidados com a miniatura para pintura.

Foi só comprar as sacolas, guache e pincéis, mandar fazer o tag, comprar as fitas, etc... Olhem só o resultado:





PS: Mandei fazer os tags na Alphagraphics da Faria Lima com a rua Amauri. Beeeem caros, mas ficaram perfeitos e entregaram em casa em menos de 24 horas, aceitando receber o valor em dinheiro no ato da entrega.

E aí, gostaram? Alguma outra idéia criativa para lembrancinha?



quarta-feira, 18 de março de 2015

Mr. Chow - Restaurante chinês incrível em Miami.

Guardado para último da nossa série, esse restaurante é muito gostoso, original e extremamente "chic". Aliás, o oposto do que imaginamos para um restaurante chinês aqui no Brasil (à exceção de poucos, guardadas as proporções, como o Satay, que falei aqui). Segue a pegada do China Grill (que fechou em Miami Beach, com promessa de reabertura na Brickell ano passado, mas que ainda não aconteceu).

O Mr. Chow fica no Hotel W, no qual nos hospedamos da última vez (veja aqui o post sobre esse hotel), na frente do Setai, na Av. Collins 2201 (entre a 22 e a 23th Street):

Foto do site oficial.

O ambiente é lindo, muito bem frequentado por pessoas elegantes. Os garçons são um show à parte. E muito atenciosos - nesse dia, meu filho, que costuma dormir durante os jantares, estava pra lá de desperto. E abriu um berreiro na hora que o chefe foi preparar o macarrão fresquinho (vejam fotos abaixo) já que todos começaram a bater na mesa e gritar...rs



Fotos acima extraídas do site oficial.

Meu filho aprontando no restaurante...

Pedimos o menu degustação, no qual se escolhe entradas e pratos principais por um preço fechado. O pato laqueado estava DIVINO.




A comida é super diferente e saborosa. Vale a visita.




segunda-feira, 16 de março de 2015

Aniversário de 3 anos! Tema Herbie!

Este ano quase desisti de fazer a festa de aniversário do meu filho. Isso porque minha filha iria nascer 8 dias antes da data dele... O que é sorte para o futuro, já que ambos são de janeiro e fica mais fácil fazer uma festa só!

Bom, acabei atrasando a festa um pouco, desisti de fazer em casa e optei por um buffet (ainda vou fazer um post sobre os que fui conhecer), para que tudo fosse mais fácil. Ah, escolhi o Magia e Cia da Vila Olímpia, que foi uma EX-CE-LEN-TE contratação: tudo muito bem servido, atendentes cordiais, tudo limpo e organizado, brinquedos adequados para a comemoração de 3 anos...

Eu não queria nenhuma decoração do buffet, já que meu filho havia sido categórico que queria uma festinha do Herbie (sabem aquele "se meu fusca falasse" da nossa época??? Pois bem...). Aliás, lembram-se da festa de um ano dele, sobre automóveis antigos (vejam aqui)? Ou da micro comemoração do bolo kombi de quando ele fez 2 anos (vejam aqui)? Meu filho é meio original demais, old school brincaria eu, já que neste ano ao escolher as músicas que tocariam no aniversário ele bateu o pé: Roberto Carlos, o REI (ele ama o Calhambeque, Estrada de Santos, Eu sou o tal... Vai entender).

No buffet mesmo, indicaram a Selma Ramos para fazer a decoração. Com tudo correndo e a maioria das decoradoras de férias em janeiro, apostei sem conhecer, só vendo uma festinha de MMs que ela preparava no buffet naquele dia que a conheci.

Trocamos alguns e-mails, acertamos pequenos detalhes e eu expliquei que queria tudo bem retrô, com tons do filme (azul, vermelho, preto e branco), menos infantilizado. Contei que iria estacionar um Herbie lá na frente no dia do evento (meu pai tem um fusca branco, comprei as faixas adesivas pelo Mercado Livre e, voilá, tínhamos um autêntico HERBIE na garagem!).


Vejam as fotos do dia (by Carmen Fernandes, fotógrafa sobre quem falei no post de aniversário de um ano - aqui):



Detalhe da camiseta dele... Comprei numa feira de carros antigos... R$ 15,00... E ele não tira!rs





Dados da decoradora:

Fone :99345-4284
E-mail: selmaramos@selmaramos.com.br

Nos próximos posts conto sobre as lembrancinhas e os buffets.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Top 7 - Melhores carrinhos de bebê.

Abaixo, uma lista dos carrinhos mais fashion e de luxo, além das indicações dos que eu comprei.

Primeiro, contando a minha experiência...

1) IP - OP Evolution - Bébécar: Optei por um carrinho robusto, com o tal travel system (quando vem bebê conforto junto e compatível com a base) e moisés. Escolhi pelo que achei de qualidade e durabilidade, e também beleza. Quando vi, acabei me apaixonando pelo Bebecar, de Portugal (feito lá mesmo). Olhem só que desbunde de beleza... Eu escolhi o cinza, já que pretendia usar para um segundo bebê.

As fotos são do catálogo deles, linha Privé (com acabamentos diferenciados):




E tem aquele mais retrô também (eu achei menos prático):


Paguei cerca de 1.000 euros no El Corte Inglês de Portugal e veio também com a sacola combinando. E foi um dos melhores investimentos que fiz. Meu primeiro filho o usou muitooo. O moisés usei para dormir até quando ele não virava e o bom é que o moisés reclina, podendo deixar o bebê mais sentadinho e levava nas saídas mais longas. Já o bebe conforto, usava no carro. Tirava o cinto e, com o bebê lá dentro mesmo, encaixava na base do carrinho e, pronto. A terceira parte mesmo, comecei a usar quando meu filho sustentava a cabeça e sentava com perfeição - lá pelos 8 meses. E ele usou até os 3 anos.

Minha filha está usando agora, e a qualidade é incrível. O material, o acabamento. O máximo. MESMO.

2) Maclaren Triumph: Quando fiz minha primeira viagem internacional com meu filho, destino NYC (veja o post aqui), resolvi não levar o carrinho oficial, que é bem pesado. Pesquisei muito e comprei o carrinho mais leve que encontrei, mas que reclinasse (se for pesquisar, são chamados de lightweight strollers tipo umbrella, pois fecham como guarda-chuvas). A escolha foi um Mclaren Triumph, com 5,4 kg, comprado via Amazon por USD 200 dias antes da viagem, e que estava me esperando no hotel quando cheguei. Está em perfeitas condições ainda, depois de 2 anos, e olha que esse carrinho viajou muitoooo jogado em aviões (hoje em dia eu compraria o 6 da lista abaixo...).



3) Joovy Caboose Too Ultralight: Agora, com a filhota nova, decidi adquirir um carrinho duplo, para usar quando for viajar ou fazer passeios mais longos. Optei novamente pelo mais leve que encontrei, o Joovy Ultralight com 9,5 kg. Também comprei pelo Amazon por cerca de USD 300 e o que me fez escolhê-lo foi o peso aliado à possibilidade de incluir o segundo assento completo (não só o banquinho). Também aceita bebê conforto:




É meio feio, mas tem a opção mais bonitinha... Só que fica bem mais pesado (16,7kg) e caro (cerca de USD 800):


Os que não comprei, mas parecem excelentes:

4) Boogaboo Camaleon: lindo demais, tem a opção de moisés também, mas não o bebê conforto. É o must have das maiorias de mamães dondocas que vejo por aí, mais de USD 1,000...


5) Quinny Mood: outro queridinho das dondocas, com pegada mais esportiva, com apenas 3 rodas. Muito fofo. Cerca de USD 1,300 com o moisés e bebê conforto...



6) YOYO Babyzen: Esse era o meu desejo, mas com o segundo filho, optei pelo 3 acima. E não existia quando comprei o 2 acima. O Yoyo... Gente, ele cabe no compartimento de bagagem de mão de avião e abre e fecha que é uma beleza (vejam o site oficial aqui, no qual há o vídeo demonstrativo). Agora lançaram o 0+, para que o bebê possa usá-lo desde o nascimento. Cerca de USD 800 com o "moisés". Pesa só 7,5 kg. SHOW!



7) Stoke Xplory: teve um boom há uns 4 anos. Acho meio desengonçado, pois a base é pequena e o assento fica alto, dando a impressão de que vai cair. Mas é fashion e futurista. Cerca de USD 1,300 com o moisés.



PS: As fotos todas são do Amazon. Falando nisso, nunca tive problemas com entrega / prazo / estado de mercadoria dos produtos comprados lá e os preços costumam ser bem interessantes, além do fato de não correr o risco de chegar lá e não ter nas lojas... #ficaadica

E aí, alguém tem algum desses modelos? Gostam? Contem pra gente e ajudem outras mães a escolherem os seus carrinhos.